Acidente de Moto: aconteceu com Mara Soliver

 em Histórias de superação, Historias de vida motivação e superação, próteses e órteses, Tecnologia e Prótese

Acidente de Moto: O aconteceu com você?

Um Acidente de Moto mudou a vida de Mara Soliver. No dia 08 de março de 2008, sofri um grave acidente de moto, onde um rapaz atravessou o cruzamento de carro batendo na moto onde eu estava e tive minha perna direita esmagada e pendurada somente pela pele, praticamente amputada na hora, fui arremessada por cima do semáforo, onde bati minha perna esquerda que foi partida ao meio. Bom no meu caso foi só quando acordei no hospital e quando o médico me contou a situação, aí a realidade me veio à tona, aí chorei um choro que vinha da minha alma medos me vinham a mente, mais respirei fundo e disse a mim mesma foco e fé! se é assim que tenho que viver não vou mais chorar, vou viver e pronto! Só depende de mim, pra mim ser feliz!

acidente de moto amputacaoComo foi se adaptar à nova realidade após esse acidente de moto?

Na época eu era noiva de um rapaz e trabalhava como modelo e também trabalhava na loja do meu avô, quando sofri o acidente, muitos me perguntavam será que seu noivo vai deixar você? Era o que eu mais ouvia, mais sinceramente eu não estava preocupada! Pensava se for amor ele vai me querer do jeito que estou agora, mais se não for ele vai embora. Quando ele foi me visitar disse a ele: Amor quero ser realista com vc! (Ele até assustou) vc tem certeza que quer continuar comigo? levantei o lençol e mostrei a realidade a ele e disse, vc tem certeza que quer casar comigo? não quero vc preso a mim por dó, só quero se for por amor, se vc quiser ir está livre! se vc for Deus me dará alguém que me ame como sou agora!

acidente de moto protese

Esse homem a amou mais ainda

Não ficarei com raiva de vc, vou sofrer vou, mais tudo passa! E ele respondeu: Você acha que pedi tanto a Deus uma mulher pra ser minha namorada, a minha esposa e mãe dos meus filhos e viver com ela o resto da minha vida, pra te abandonar na primeira dificuldade? Vc está enganada meu amor, com perna ou sem perna, com filho ou sem filho vc é a mulher da minha vida, a que quero viver o resto da minha vida! Esse acidente de moto não vai mudar nada. E estamos juntos até hoje. Em relação ao trabalho como modelo fiquei muito triste na época por não me encaixar mais ao quadro exigido, pois agora a realidade seria outra! E a loja do meu avô voltei mais uma vez mais depois do acidente mais queria algo que me desafiasse! Aí trabalhei numa empresa de TI por anos foi uma experiência incrível!

acidente de moto acima do joelhoacidente de moto prptetização

Qual situação foi mais crítica ou engraçada?

Nossa teve uma vez que eu voltando do trabalho no ônibus, todos os motoristas e cobradores já me conheciam e sabiam da minha deficiência! Então eu sempre sentava na primeira cadeira do ônibus no lugar preferencial, neste dia estava chovendo muito e o ônibus lotado, aí quase chegando em casa uma mulher gritou dentro do ônibus! O cobrador vc não está vendo? E ele respondeu o que senhora? Aquela moça folgada sentada ali e gente que precisa sentar em pé! E ele ia responder mais senhora ela é deficiente. Mais antes que ele respondesse. Ela disse vc devia fazer melhor seu trabalho e todo mundo olhando! Sou uma pessoas tão calma! Mais nesse dia eu fiquei um pouco brava, levantei, olhei pra ela é disse vc tá falando de mim senhora e ela gritando e colocando o dedo na minha cara disse: É de vc mesmo sua folgada que eu tô falando! Eu respondi, me perdoe senhora mais estou sentada aqui porque não tenho uma perna! Eu sou deficiente! Ela espantada me pediu desculpa!

acidente de moto mara soliver

E a conversa continuou

Aí falei: eu até desculpo mais antes de fazer show ou querer se aparecer dentro do ônibus ou em qualquer lugar pergunta primeiro é mais bonito! (Acho que foi o único momento que fiquei muito brava). Infelizmente as pessoas têm a mania de pensar que o deficiente tem que ter cara de coitadinho. E em outro momento eu chegando do trabalho também fui atravessar a rua num dia chuvoso também e como morava em uma avenida inclinada, fui atravessar bem de vagar rs e mesmo assim PLOFT eu cai kkkk foi bolsa pra um lado e sacola pro outro junto com o guarda chuva, me perguntam e a vergonha? Pois tinha um ponto de ônibus bem na minha frente lotado. Esse acidente de moto mudou minha vida e eu tinha que enfrentar isso.

acidente de moto joelhoTeve vergonha? O que mais você fez após seu acidente de moto?

Vergonha que nada, minha preocupação era de não molhar a prótese já que não era a prova de água e não conseguia levantar kkkk. Aí uma moça viu que não conseguia e me perguntou vc quer ajudar e eu rindo disse não muito obrigada e tô gostando de tomar banho kkkk e ela riu e me ajudou. Diversas vezes quando ainda estava sem a prótese levantava da cama achando que tinha a outra perna era cada tombo. Andei de bicicleta novamente depois do acidente, nossa foi muito bom sentir essa experiência sendo a nova Mara da perna rosa.
Hoje valorizo cada minuto da minha vida, enfrento todas as dificuldades e cada conquista é uma vitória! digo sempre que tenho a oportunidade a minha família e amigos que os amo! Valorizo os momentos em família.

Quem você agradeceria?

Minha mãe Elizabeth e o esposo dela Clodoaldo, Meu marido Gean. Minha família (Vó, Vô, tias e tios). A minha outra família ( sogra, tias, tios, primas e primos) e amigos. Muito obrigada por tudo, que vcs fizeram por mim, vcs foram essenciais pra minha recuperação e minha auto estima, cada palavra, cada visita, me sentir importante pra vcs contribuiu muito para que eu me tornasse o que me tornei hoje! Que Deus abençoe a cada um de vcs meus amores. Amo vcs! Mamãe a senhora é a melhor mãe do mundo minha amiga e guerreira! Minha rainha. Te amooo. Amor vc o melhor marido do mundo, meu companheiro, amigo e um ótimo pai para os nossos filhos! Te amo

Suas últimas palavras para se despedir de nosso visitante

Sabemos que ser deficiente não é fácil, temos muitas dificuldades, mais o que nos mantém vivos é nunca desistir dos nossos sonhos, pois dificuldades até quem não tem deficiência alguma tem, mais o que manda é a força de vontade a persistência! Nunca desista tenha fé e muita força de vontade, para alcançar aquilo que vc almeja! E mostrar a si mesmo que você é capaz de tudo, quando você não desiste. E que não é um membro que impede você. Muitos pensaram que pra mim era o fim e se enganaram pois era apenas o começo! Mara Soliver.

Como um joelho faz tanta diferença?

Saiba mais sobre Mara Soliver em seu canal no youtube.

Conheça também o acidente de moto de Jane Peralta, diretora do Amputados Vencedores.

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

trabalho infantil acidente superaçaowhatsapp business