Como um acidente doméstico mudou a vida de Rudson Pereira?

 em Histórias de superação

Acidente Doméstico na vida de Rudson Pereira

Um acidente doméstico em  1986. Com  09 meses de idade Rudson Pereira sofreu um acidente doméstico que poderia ter lhe custado a vida. Ele estava no colo de seu pai, próximo à máquina elétrica de moer carne. Com o susto do barulho da máquina ele pulou bem em cima da boca da máquina que começou a moer sua mão. Um momento de distração do pai, que conversava com outras pessoas e o acidente doméstico ocorreu.

Os acidentes domésticos envolvendo crianças geralmente ocorrem nestes contextos de distração e descuido, por parte dos adultos responsáveis, num ambiente que normalmente não é considerado perigoso, como o doméstico. Entretanto, há que se ter em mente que nada é desprovido de risco quando quem transita neste espaço é uma criança. Como afirma Rudson: “um minuto de descuido, de falta de atenção tua e um acidente com a criança pode acontecer” (sic).

acidente domestico crianca amputacao

A positividade de Rudson diante da vida

As sequelas do acidente doméstico de Rudson

Não fosse a rapidez do pai em desligar a máquina que sugava a mão de Rudson, ele poderia ter perdido o braço inteiro, correndo inclusive, risco de perder a vida. O acidente doméstico trouxe a Rudson como consequência, a perda de 04 (quatro dedos) e metade da mão esquerda. Desde a mais tenra infância o menino Rudson passou a viver as dificuldades e preconceito, comumente vivenciados por pessos com deficiência. E isso por conta de um acidente doméstico, que poderia ter sido evitado.

Na infância ele passou por uma série de dificuldades. Quando começou a frequentar a escola e especialmente na adolescência, passou pelo que hoje sabe-se ser bullying. Disse ter sido bastante “zoado”(sic) pelos colegas e mantido seu “espírito esportivo” (sic) para lidar com a situação. Quando seus colegas percebiam que não o irritavam com isso, recuavam e passavam a percebê-lo como uma pessoa normal.

Na breve história de vida relatada por Rudson vê-se a problemática da discriminação ao diferente. Isto passou a ser vivido por ele por conta de um acidente doméstico, totalmente passível de ser prevenido e evitado.

acidente domestico amputacao maos

O acidente doméstico resultou em amputação

A vida de Rudson hoje

Apesar de toda essa dificuldade Rudson se diz uma pessoa tranquila, com senso esportivo. Isso o teria ajudado a lidar com a amputação decorrente do acidente doméstico na infância e acaba, ainda hoje, por mudar o “olhar do outro” sobre ele. Na idade adulta e com lei que considera a discriminação um crime, a situação é diferente. Segundo Rudson hoje “as pessoas olham e sentem curiosidade, gostariam de perguntar, mas tem medo de me deixar constrangido” (sic). É uma pena que não o questionem, se o fizessem seriam prevenidas em relação aos riscos de acidentes domésticos, não é Rudson?

Atualmente Rudson é casado, tem um filho de 01 ano e 04 meses. Sua experiência com o acidente doméstico faz com que seu olhar e cuidado com a segurança do filho  sejam redobrados. Ele trabalha como auxiliar administrativo  numa empresa de Londrina-Pr. Se diz feliz com a vida que tem. Deixa como recado, especialmente para as famílias que têm crianças em casa, a lembrança de que “um acidente doméstico pode acontecer num piscar de olhos”.  Portanto, todo cuidado é pouco.

acidente domestico crianca superacao protese

Rudson Pereira conheceu Jane Peralta, do Amputados Vencedores, na palestra da empresa Manserv em Londrina=Pr. 1a. SIPAT da Manserv no Shopping Catuaí.

Obrigado Rudson pelo seu depoimento. Linda história de enfrentamento à exclusão e discriminação social! Continue com esta postura. Felicidades!

Saiba mais sobre Bullying. Conheça também outras histórias de vencedores em nosso site. Paulo Azevedo de Portugal. Clique aqui. 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Open chat