Amputação na gravidez: A história de Renata

 em Histórias de superação

Amputação na gravidez é uma situação que pode assustar muitas pessoas. Porém Renata conta com tranquilidade sua história, ressalta os pontos positivos e apenas o que a marcou de fato.

História

“Em dezembro de 1991, eu estava voltando de uma confraternização com meu marido, grávida de sete meses em uma moto. Chovia muito e a visibilidade era pouca. Foi então que veio um carro na contramão e esmagou a minha perna. Na hora eu só conseguia pensar no filho que trazia no ventre e em se manter acordada até chegar ao hospital.

Fiz uma cirurgia e precisei amputar a perna. No dia 5 de fevereiro de 1992, nasceu meu filho, Victor, de parto normal. Apesar de estar acontecendo muita coisa nova ao mesmo tempo, nunca rejeitei a minha deficiência. Quando meu filho completou 3 meses, coloquei uma prótese.Logo depois tive outro filho, desta vez uma menina, Juliana.

Cinco anos mais tarde, em 2000, construí uma piscina para portadores de necessidades especiais, em São José dos Campos, e comecei a nadar para melhorar minha qualidade de vida.

A natação abriu portas para eu participar de campeonatos e conquistar muitas medalhas. A maior competição que participei foi a Travessia dos Fortes.

Hoje, procuro viver a vida da melhor maneira possível, sempre com o coração aberto, motivando as pessoas a aceitar as dificuldades e a ver as coisas boas da vida.”

Amputação em crianças: Confira a história de Vera Garcia

 

Postagens Recomendadas

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

vera.jpg